Templarios

“Não por nós, Senhor, não por nós, mas para que seu nome tenha a Glória.”

A Ordem Templária foi fundada em Jerusalém em 1118, logo após a Primeira Cruzada, mesmo havendo alguns indícios de ter sido fundada quatro anos antes. Seu nome está relacionado ao local de seu primeiro quartel-general, no lugar do antigo Templo de Salomão.

Nove monges veteranos dessa Primeira Cruzada, entre eles Hugues de Payens e Godofredo de Saint Omer, reuniram-se para fundar a Ordem em defesa da Terra Santa. Pronunciaram perante o patriarca de Jerusalém, Garimond, os votos de castidade, de pobreza e de obediência, comprometendo-se, solenemente, a fazer tudo aquilo que estivesse ao seu alcance para garantir as rotas e os caminhos e a defender os peregrinos contra os assaltos e os ataques dos infiéis. Foi dada a fundação da Ordre de Sion (Ordem de Sião) a Godofredo de Bouillon, por volta de 1099. A original Ordem de Sião foi estabelecida para que muçulmanos, judeus e outros indivíduos elegíveis pudessem aliar-se à Ordem cristã e tornar-se Templários.

Malta

Este Grau é posterior ao Grau de Cavaleiro Templário.

Temos notícias que em 1791 houve a união de sete acampamentos independentes, foi realizado o primeiro Conclave da ordem, como a conhecemos hoje. As assembléias onde os Cavaleiros Templários se reúnem são conhecidas como Preceptórios e quem a dirige é o Preceptor.

As assembléias de Cavaleiros de Malta são conhecidas como Priorado e quem a dirige é o Prior.

  • Image 02
  • Image 03
  • Image 01
  • Seja Bem-Vindo!
  • Posse do E. e S. Grão-Mestre do Grande Priorado do Brasil, Cavaleiro Wagner Veneziani Costa, GCT.
  • 3ª Missa Templária do GPB realizada na Catedral Anglicana em São Paulo.
  • Este espaço é dedicado à recomendação dos portais que mantém o reconhecimento de tratado mútuo com o Grande Priorado do Brasil.

  • Demo Image
  • Demo Image
  • Demo Image